AMOR AO PRÓXIMO - NÃO BASTA SENTIR, É PRECISO AGIR, FAÇA CARIDADES! POR UM MUNDO MELHOR, VAMOS CADA UM DE NÓS FAZER A SUA PARTE

Portal Center Place Headline Animator

Portal Center Place

VIDA VIVA POEMAS Headline Animator

VIDA VIVA POEMAS

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A MISSÃO DA AMIZADE


Amigo(a),
quero brindar com voce nos momentos de vitória
e ver no seu rosto a felicidade.
Ver o seu sorriso franco, sua alegria expressa,
e toda a satisfação que lhe causam esses momentos.
Te fazer companhia para conversar, pra contar as
alegrias do dia e tambem os dissabores. Permita-me
saber de voce, saber dos seus sonhos, das suas
conquistas, dos momentos marcantes em sua vida.
Eu quero ser esse alguém a quem voce conta segredos,
sabendo que pode confiar, pois terá sempre
uma palavra de incentivo. Quando as tuas noites forem
turbulentas, te farei companhia. Quando em teus dias
surgirem tempestades, estarei ao teu lado.
Quando em teu coração surgirem as dores, divida-as comigo,
Quando te sentires só, lembra-te de mim.
Nos momentos de incertezas, me conta suas dúvidas
e procuraremmos juntos uma solução. Quando a insegurança
te atormentar, te darei apoio. Te ajudarei a pensar, para
tomares a decisão correta. Os caminhos da vida são cheios
de armadilhas e, muitas vezes, precisamos desviar
dos obstáculos. Quando te sentires perdido(a), permita-me
orientá-lo(a), para que encontres de volta o teu caminho.
Quando os teus dias forem sem sol, lembra-te
que a estrela que mais brilha está dentro de você.
A chama infinita da vida nos envolve com sua luz,
e utiliza-se de todos os meios, até mesmo de mim,
para te trazer alento e paz. Abra seu coração para a vida
para que sua luz interior possa brilhar intensamente.
Viva a vida por etapas, não queira tudo de uma só vez.
Cada acontecimento precisa ter seu próprio momento.
Cada pequena conquista, por simples que seja,
deve ser comemorada. Portanto, comemore, viva, festeje!
Quando as tuas noites forem sem luas e no teu céu
não vires estrelas, lembra-te: a pior escuridão
é aquela que está dentro de nós mesmos. Permita-me
ajudá-lo(a) a afastar as cortinas, a dissipar o nevoeiro,
a vencer os medos, para que possas enxergar o horizonte.
Muitas vezes, precisamos ver com o coração, o que os
olhos não vêm, e entender com a alma as coisas do coração.
Se ainda assim, houver insegurança, estarei por perto
pra te dar incentivos. Lembra-te que não somos perfeitos.
As vezes erramos tentando acertar. Mas quando errares,
nunca desanimes.Tente novamente, até conseguir.
Procure enxergar com os olhos da alma e verás um
mundo totalmente novo. Permita-me acompanhar-te nessa
nova jornada, vencendo os desafios e ultrapassando
barreiras. Pemita-se ser mais, querer mais, aprender mais.
Não queira apenas estar na claridade, mas tenha
em si mesmo(a) a sua própria luz. Permita-se brilhar
de forma natural, respeitando as leis que regem o
universo. Teus atos espelham a tua grandeza e quando
o teu brilho se tornar intenso, outros seguirão
a tua claridade. Serás referência para as mentes opacas,
que se guiarão pela tua luz, buscando alento para
os seus temores. Conforte-os, anime-os! Ofereça alívio
para suas dores. Assim como eu tenho feito a ti, seja
simplesmente um(a) amigo(a) fiel. Chore em suas lágrimas,
sinta seus pesares, mas tenha sempre á mão uma palavra amiga,
pois de agora em diante serás como eu. Tens tua conduta,
teu caminho a seguir. A tua missão é ser um(a) amigo(a),
para qualquer pessoa que te paça ajuda. Para aqueles que
sofrem por qualquer motivo, não negues jamais a tua
compaixão. Ouça-os, anime-os, ofereça o ombro.
Passa adiante o que recebeste com dedicação e amor fraterno.
A fonte da vida estará contigo e te abastecerá de energia plena.
Sinta-se parte dessa chama viva, parte dessa luz que a tudo ilumina.
Que os teus dias sejam de paz e harmonia.
Que a paz de Deus esteja contigo!
Que a luz da vida seja eterna em ti!

José Bento

O RENASCER















Quando vi passar o trem das ilusões
Decidi nele embarcar meus sonhos vãos,
Meu sofrer, meus desenganos, minhas dores,
Minhas falhas cometidas, meus temores,
Que alardeiam esse imenso turbilhão.

Os meus loucos devaneios já não quero
Nem tão pouco a insensatez dos sonhos vís
Vejo ao longe o nascer da nova aurora
E um novo sentimento em mim, que aflora
Me convida a refazer os meus perfís.

Vejo a bruma que incide no silêncio
A leveza do seu ar sobre os mares
Igualmente acontece nos olhares
Como é no sobe e desce das marés,
Pois contemplam o teu ser detidamente
Te elogiam as ações frequentemente
Mas te olham e não sabem quem tu és.

Frenesí de loucos, de paixões soberbas!
Pobres seres de tosca visão!
Quem dera pudesses ver com o coração
As proezas dos teus própios desvarios
Te dariam com certeza, calafrios
Pois verias que são grandes tuas perdas.

Não teríeis que catar na escuridão
As migalhas de um pão que desprezaste
Pois os fartos belos dias que passaste
Te serão tão somente uma lembrança
Por não teres dado ao menos esperança
A quem próximo a ti pediu alento
Colherás do teu mundo os incrementos
De ardores e amarguras que plantaste.

Mas ainda existe tempo pra plantar
Semear a caridade e a compaixão
Transformar esse teu velho coração
Em um solo farto, fértil e irrigado
Pois o fruto que advir será de luz
E verás o caminho que conduz
Aos cenários de um mundo iluminado.

José Bento